A Mão Negra de Estremoz

A MÃO ESTÁ COMPLETA - 5 são os membros: Polegar-O Cérebro; Mindinho- Pequeno mas solidário; Anelar- O Aliado; Indicador- Quem mostra a "direcção" e Maior de Todos - Grande no tamanho e nas convicções.

08 junho 2006

O PREÇO DA LIBERDADE

A vantagem dos blogs é podermos transmitir á saciedade ideias e opiniões que de outra não chegariam ao publico. No mão negra não queremos agradar a ninguém. Não fazemos favores, nem estamos de cócoras para ninguém. Por alguns post verificamos que agora o grande drama é quem é que escreve este blog. Têm-se deitado a advinhar, levantam-se com a mesma cisma...lançam nomes e não acertam. Não acertam nem isso nos parece importante. Comentem o que se escreve e ...menos quem escreve.
Acusam-nos de censurarmos. Ainda bem... para aplaudir já lá estão os do costume: Aqueles que mesmo fazendo mal continuam a fazer.... E ainda bem que o fazem. É para isso que lá estão. Mas não precisam "postar" censurando a opinião dos outros. Aqui ninguém cala ninguém, nem há delitos de opinião. Postem á vontade, nós também estamos á vontade para falar quando, onde e do que nos apetecer.

10 Comments:

Anonymous Anónimo said...

a liberdade não tem preço. sou vosso leitor desde a 1ª hora e admiro a liberdade da escrita e das opiniões. por enquanto nada a apontar independentemente de concordar ou não com os vossos pontos de vista. não permitam que as opiniões entrem no descalabro ofensivo e ordinário como muitas vezes chegam. não se "esmoreçam" e continuem assim. só acho que certas situações dada a sua importância para o bem comum, deviam ter os nomes dos intervenientes; para todos conhecermos quem está e faz mal.
não tenham medo de ser livres e democráticos. pessoalmente e até institucionalmente estou ao dispor do blogue para confirmações ou esclarecimentos que achem pertinentes. antonio jose garcia/cpc cds/pp estremoz

1:01 da tarde  
Anonymous Amiga S said...

Quem não gosta não come quem não quer ler não entra no blog. Gosto da forma como voçês têm estado nisto tudo, têm falado de tudo e de todos sem entrarem em nomes. E ninguém tem que ficar chateado nem melindrado se hás vezes vai uma palavra ou outra menos pensada e ainda que têm moderado os comentários para não sairem coisas pessoais. Parabéns a vossa equipa.

9:25 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

QUASE totalmente de acordo!Dei uma vista de olhos pelas razões que levaram à criação do blog e encontrei qq coisa do tipo:"Será uma voz incómoda que terá como principal objectivo espicaçar os poderes instutidos, os poderosos e os acomodados." De facto na parte do espicaçar está tudo muito bem...mas com que objectivo?certamente o de lutar contra os poderosos e acomodados não é,a não ser que este seja o sitio preferencial para dizer aquilo que não têm coragem cara a cara, resguardando-se em acontecimentos como o que está relatado por exemplo numa tarde em frente à câmara, ou afirmações do tipo "ó homem você cuide-se" tentando dar a ideia de uma superioridade técnica e moral para a discussão de alguns assuntos que abordam. É verdade que fazem falta este tipo de "não" dicussões, pq é o que se faz aqui... agora falar em moral e ética e vir para aqui lavar roupa suja, que às vezes parece-m ser o verdadeiro principal objectivo não nem é ético, nem moral, sobretudo quando não se assume aquilo que se escreve.
melhorem a selecção dos temas e a forma como são expostos e será uma verdadeira forma de espicaçar e incomodar, assim serão mais um blog de "dizer mal" e receber criticas que são necessariamente ofensas(causa:mensagem mal passada desse lado).
"eu não gosto de limites." mas critérios e objectivos têm que estar bem definidos.

Um jovem estudante atento ao que se diz e escreve sobre estremoz!

4:29 da manhã  
Blogger Praça_Publica said...

O blog começou como uma "brincadeira" e hoje é uma associação de 5 pessoas com ideias diferentes, formas de estar diversas e profissões também diversas. Naturalmente também daí resultam escritas diferentes com as quais nem todos concordam, mas como alguém já disse "todos os unanimismos são desprezíveis". Os 3 últimos comentários revelam autenticidade e levam-nos a informar o seguinte:
Não estamos hipotecados a partidos, entidades ou credos.
Somos livres e não aliamos a nossa forma de pensar.Também não concordamos com tudo o que se comenta e temos-nos reservado o direito de não publicar tudo. Censura? Não, apenas um pouco de bom senso.

10:48 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Digamos ke é um blog formado por um grupo de palhaços, sem tomates para dizerem kem são, e assim protegidos poderem criticar e até gozar com pessoas e ideias, esse tipo de pessoas só mete é nojo!
Nem coragem têm para dar a cara

4:23 da tarde  
Anonymous Ana S.P.M said...

Ainda bem que surgiu mais um tipo sem tomates a postar como anónimo e a acusar os outros de não os ter só porque não dão cara. E voçê meu caro amigo o que é que deu? a cara não foi com certeza. Ainda bem que há gente como esta que vai agitando as águas. Se não fossem eles metade das coisas não se sabiam. Das duas umas ou voçê não tem os ditos cujos ou então tá acomodado a algum tacho. Força pessoal não desistam.

11:57 da tarde  
Blogger Praça_Publica said...

Obrigado Ana sabiamos que podiamos contar contigo.Bjs

11:58 da tarde  
Anonymous Ana SPM said...

Como souberam que era eu? Bjs vão em frente e não desistam.

11:59 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

vejo que as coisas por aqui começam a aquecer... afinal sempre andam a ficar espicaçados.
Só ainda não percebi uma coisa, se pretendem informar, onde é q está a informação? A Ana diz que metade das coisas não se sabiam, eu continuo a não saber nada, a unica forma de o saber seria se tivesse eventualmente implicado nas coisas que voces comentam aqui... afinal informam quem?
Continuo a dizer que é uma boa ideia mas não está a ser posta em prática da melhor forma... parece a continuação do melhor que se faz na politica estremocense mas a um nivel mais... virtual.

O jovem estudante.

2:16 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

a minha liberdade acaba onde começa a do proximo

7:06 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home